Os assassinatos de Amityville (inclui fotos da cena do crime)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os assassinatos de Amityville (inclui fotos da cena do crime)

Mensagem por Christiano em Ter Set 23, 2014 1:40 am

Aviso: As fotos deste tópico foram ocultadas devido ao seu teor gráfico. Para vê-las, clique em "Spoiler" nas mensagens, por sua própria conta e risco. Algumas das fotos mostram os corpos das vítimas.

Por volta das 18h30 de quarta-feira, dia 13 de novembro de 1974, Ronald DeFeo Jr., de 23 anos, entrou no Henry's Bar em Amityville, Long Island, Nova York, e disse: "Você tem que me ajudar! Acho que minha mãe e meu pai foram baleados!" DeFeo e um pequeno grupo de pessoas foram até a Avenida Ocean 112, que era localizado perto do bar, e descobriram que os pais de DeFeo realmente estavam mortos. Uma pessoa do grupo, Joe Yeswit, fez uma ligação de emergência para a Polícia do Condado de Suffolk, que fizeram uma busca na casa e descobriram que seis membros da mesma família estavam mortos em suas camas.

As vítimas eram Ronald DeFeo Sr. (43), Louise DeFeo (42) e quatro de seus filhos: Dawn (18), Allison (13), Marc (12) e John Matthew (9). Todas as vítimas tinham sido baleadas com um rifle Marlin 336C com alavancagem calibre .35 por volta das 3h00 da manhã daquele dia. Os pais de DeFeo tinham sido baleados duas vezes, enquanto as crianças tinham sido mortas com tiros individuais. Evidências físicas sugerem que Louise DeFeo e sua filha Allison estavam ambas acordadas na hora das mortes e, de acordo com a Polícia do Condado de Suffolk, as vítimas foram encontradas todas deitadas de bruços na cama. A família DeFeo ocupava a casa localizada da Avenida Ocean 112 desde a sua compra em 1965. Os membros assassinados da família foram enterrados no Cemitério Saint Charles em Farmingdale.

Ronald DeFeo Jr. era o filho mais velho da família e também era conhecido como "Butch". Ele foi levado à delegacia de polícia local para sua própria proteção depois que sugeriu aos policiais, na cena do crime, que os assassinatos foram realizados por um assassino profissional da máfia. No entanto, uma entrevista com DeFeo na delegacia logo expôs sérias inconsistências nessa versão dos fatos. No dia seguinte, ele confessou ter cometido os assassinatos e o alegado assassino profissional tinha um álibe, provando que ele estava fora do estado no momento dos assassinatos. DeFeo disse aos detetives: "Depois que eu comecei, eu simplesmente não conseguia parar. Tudo aconteceu tão rápido". Ele admitiu que tomou banho, trocou de roupa, e detalhou onde ele tinha descartado evidências cruciais, como as roupas manchadas de sangue, o rifle Marlin e cartuchos antes de chegar ao trabalho como sempre fazia.

Spoiler:
avatar
Christiano
Administrador
Administrador

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/08/2014
Idade : 41
Localização : Assis, SP

Ver perfil do usuário http://cbp18.criaforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os assassinatos de Amityville (inclui fotos da cena do crime)

Mensagem por Christiano em Ter Set 23, 2014 2:05 am

13 de novembro de 1974. Cidadãos de Amityville estavam sentados, bebendo, no Henry's Bar, a poucas quadras da casa localizada na Avenida Ocean 112, mais conhecida pelos locais como "High Hopes".

Às 18h30, Ronald "Butch" DeFeo Jr. abriu a porta do bar e gritou: "Por favor! Vocês têm que me ajudar! Acho que minha mãe e meu pai foram baleados! O jovem caiu de joelhos e começou a chorar, cercado por seus amigos surpresos.

O melhor amigo de Butch, Robert "Bobby" Kelske, junto com Joey Yeswit, John Altieri, Al Saxton e William Scordmaglia correram até a casa dirigindo o Buick Electra 225 1970 de Butch.

Ao chegar, os homens encontraram a porta da frente destrancada. Dentro, a casa estava escura e sossegada. Shaggy, o cão pastor da família DeFeo, começou a latir enquanto os homens entravam. O cão estava amarrado, por dentro, na porta dos fundos da cozinha.

Bobby Kelse liderou o grupo pela escadaria até o quarto principal, à esquerda. Ao acender a luz, os homens encontraram uma cena horrível. Os corpos sem vida de Ronald DeFeo Sr., 43, e sua esposa, Louise DeFeo, 42, esparramados em suas camas. Um buraco de bala e um fluxo seco de sangue estava visível nas costas de Ronald. O corpo de Louise estava debaixo de uma coberta.

Logo depois, os homens descobriram os corpos das crianças: Dawn, Allison, Marc e John-Matthew, todas aparentemente baleadas em suas camas enquanto dormiam.

Spoiler:
avatar
Christiano
Administrador
Administrador

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/08/2014
Idade : 41
Localização : Assis, SP

Ver perfil do usuário http://cbp18.criaforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os assassinatos de Amityville (inclui fotos da cena do crime)

Mensagem por Christiano em Ter Set 23, 2014 2:08 am

1. Marc DeFeo
2. Dawn DeFeo
3. Ronald and Louise DeFeo
4. John DeFeo
5. Allison DeFeo

Spoiler:
avatar
Christiano
Administrador
Administrador

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/08/2014
Idade : 41
Localização : Assis, SP

Ver perfil do usuário http://cbp18.criaforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os assassinatos de Amityville (inclui fotos da cena do crime)

Mensagem por Christiano em Ter Set 23, 2014 3:48 am

Era mais uma noite de rotina na central de atendimento de emergência do Condado de Suffolk, Nova York. As chamadas não estavam vertendo e, de qualquer modo, este subúrbio plácido da Cidade de Nova York dificilmente tinha algum crime do qual reclamar, pelo menos para os padrões da cidade de Nova York. De repente, às 18h35, a calmaria foi destruída por uma chamada que despedaçaria a aura de segurança que permeava o condado. Transcrições da conversa demonstram a compostura confusa de quem fazai o telefonema enquanto tentava relatar ao operador a cena horrível à qual ele e seus amigos foram levados:

Operador: "Aqui é da Polícia do Condado de Suffolk. Posso ajudá-lo?"
Homem: "Nós temos um tiroteio aqui. Uh, DeFeo."
Operador: "Senhor, qual o seu nome?"
Homem: "Joey Yeswit."
Operador: "O senhor pode soletrar?"
Homem: "Sim. Y-E-S W I T."
Operador: "Y-E-S . .
Homem: "Y-E-S-W-I-T."
Operador: ". . . W-I-T. Seu número de telefone?"
Homem: "Eu nem sei se está aqui. Há, uh, Eu não tenho um número de telefone aqui."
Operador: "Okay, de onde o senhor está ligando?"
Homem: "É em Amityville. Chame a polícia de Amityville, e é logo depois da, uh . . . Avenida Ocean em Amityville."
Operador: "Austin?"
Homem: "Avenida Ocean. Que ... ?"
Operador: "Avenida ... Ocean? Depois de onde?"
Homem: "É bem depois de Merrick Road. Avenida Ocean."
Operador: "Merrick Road. Qual ... qual o problema, senhor?"
Homem: "É um tiroteio!"
Operador: "Há um tiroteio. Alguém ferido?"
Homem: "Hah?"
Operador: "Alguém ferido?"
Homem: "Sim, é, uh, uh — todos estão mortos."
Operador: "O que você quer dizer, todos estão mortos?"
Homem: "Eu não sei o que aconteceu. O garoto entrou correndo no bar. Ele disse que todo mundo da família foi morto e nós viemos aqui."
Operador: "Espere um segundo, senhor."
(Um Policial assume a chamada.)
Policial: "Alô."
Homem: "Alô."
Policial: "Qual o seu nome?"
Homem: "My name is Joe Yeswit."
Policial: "George Edwards?"
Homem: "Joe Yeswit."
Policial: "Como se escreve?"
Homem: "O quê? Eu ... Quantas vezes vou ter que dizer? Y-E-S-W-I-T."
Policial: "Onde o senhor está?"
Homem: "Estou na Avenida Ocean."
Policial: "Que número?"
Homem: "Eu não tenho um número aqui. Não há um número no telefone."
Policial: "Qual o número da casa?"
Homem: "Eu nem sei isso."
Policial: "Onde você está? Ocean Avenue e o que?"
Homem: "Em Amityville. Chame a Polícia de Amityville e mande alguém vir aqui. Eles conhecem a família."
Policial: "Amityville."
Homem: "Sim, Amityville."
Policial: "Okay. Agora, diga qual o problema."
Homem: "Eu não sei. O cara veio correndo no bar. O cara veio correndo no bar e disse lá — a mãe e o pai dele foram baleados. Nós corremos até a casa dele e todos na casa estão baleados. Eu não sei há quanto tempo, sabe. Então, uh . . ."
Policial: "Uh, qual o ende ... qual o endereço da casa?"
Homem: "Uh, espere. Deixa eu ir procurar o número. Tudo bem. Espera. Avenida Ocean, cento e doze, Amityville."
Policial: "É Amityville ou North Amityville?"
Homem: "Amityville. Bem na ... ao sul da Merrick Road."
Policial: "É bem nos limites da povoação?"
Homem: "É nos limites da povoação, sim."
Policial: "Eh, okay, qual o número do seu telefone?"
Homem: "Eu não tenho um. Não há número no telefone."
Policial: "Tudo bem, de onde você está ligando? Telefone público?"
Homem: "Não, estou telefonando da casa, porque não vejo um número no telefone."
Policial: "Você está na casa?"
Homem: "Sim."
Policial: "Há quantos corpos?"
Homem: "Eu acho, uh, Eu não sei — uh, acho que disseram quatro."
Policial: "São quatro?"
Homem: "Sim."
Policial: "Tudo bem, você fica aí na casa e vou ligar para o DP de Amityville Village, e eles vão aí."

Ao final da noite, os investigadores de polícia encontrariam mais dois corpos, elevando o número de mortos na Avenida Ocean para seis. Seis de sete membros da família de Ronald DeFeo tinham sido metodicamente assassinados enquanto dormiam em suas camas, deixando Ronald DeFeo Jr. como o único sobrevivente do banho de sangue horrível.

Spoiler:
avatar
Christiano
Administrador
Administrador

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/08/2014
Idade : 41
Localização : Assis, SP

Ver perfil do usuário http://cbp18.criaforum.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os assassinatos de Amityville (inclui fotos da cena do crime)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum